Hoje em dia um blog pode ser uma fonte de rendimento adicional, através de artigos patrocinados, banners ou recorrendo a programas de afiliados. Neste artigo vamos explorar este último conceito e listar algumas empresas portuguesas que disponibilizam programas de afiliados que vos permitem ganhar dinheiro simplesmente recomendando os vossos produtos favoritos.

O que é um “programa de afiliados”?

Um programa de afiliados é uma estratégia de comunicação usada por algumas empresas para divulgar os seus produtos ou serviços nos espaços virtuais (ou físicos) dos afiliados. Os afiliados são terceiros, normalmente pessoas com sites, blogs ou comunidades online, que apresentam e falam dos produtos ou serviços da empresa em questão junto dos seus leitores e seguidores, recebendo uma comissão pelos resultados gerados.
É uma forma simples e eficaz de fazer dinheiro online sem ser através de publicidade em banners impessoais.

Uma das grandes vantagens dos programas de afiliados é podermos escolher uma empresa com produtos ou serviços com os quais nos identificamos e dos quais até somos consumidores (satisfeitos) e, assim, recorrermos à nossa experiência pessoal para os divulgarmos de forma informada aos nossos leitores.
Outra grande vantagem é que é possível fazer bastante dinheiro no longo prazo, pois um simples artigo pode ficar a gerar comissões durante meses ou mesmo anos.

Como funcionam os programa de afiliados?

A maioria dos programas de afiliados funciona da seguinte forma:

  1. O afiliado (a pessoa que faz a divulgação) recebe um acesso a uma área pessoal;
  2. O afiliado recebe também um url “especial” ou um código para usar nos artigos sobre os produtos/serviços dessa empresa;
  3. Sempre que um dos vossos leitores clicar no url, ou usar o vosso código, a empresa do qual são afiliados regista automaticamente o click, registo ou venda, sabendo assim que aquele visitante vos “pertence”
  4. Sempre que os vossos leitores convertem em clientes ou utilizadores dos produtos que recomendaram, vocês ganham uma percentagem da venda.

A forma como fazem dinheiro em cada programa de afiliado também difere de empresa para empresa, mas em termos gerais, estas são as formas mais comuns de ganhar comissões:

  • CPC (Custo por Clique): a comissão é paga sempre que há um clique;
  • CPA (Custo por Aquisição): a comissão é paga sempre que há uma compra;
  • CPL (Custo por Lead): a comissão é paga sempre que o visitante deixa o seu contacto.

Empresas com programas de afiliados em Portugal

Wook

https://afiliados.wook.pt/

wook

Se gostas imenso de livros, és um(a) ávido leitor(a) e até tens por hábito recomendar livros no teu blog, considera tornar-te afiliado do Wook, uma plataforma de venda de livros online (e portuguesa).
Na Wook, os afiliados têm um url especial que devem utilizar quando colocam o link de cada livro num post para que o site consiga fazer o ‘tracking’ daquilo que acontece a partir do momento em que alguém entra no site a partir do seu link. Sempre que ocorre uma venda através do link do afiliado, este ganha uma percentagem, que fica visível na sua área de afiliado no site da Wook.

Boonzi

http://www.boonzi.pt/seja-afiliado-ganhe-dinheiro-recomendando-o-boonzi/

screenshot_partners-02-02-e1462812670239-678x800

A melhor (e única?) aplicação portuguesa de gestão de finanças pessoais tem um programa de afiliados com o qual podem ganhar dinheiro simplesmente recomendando o Boonzi aos vossos leitores. O sistema é simples: basta que coloquem o vosso url de afiliado nos artigos sobre o Boonzi, e ao longo do tempo irão receber uma percentagem das compras feitas pelos visitantes que clicaram no vosso link. As percentagens rondam os 12% (ou seja, cerca de 4€ por compra!).

A área pessoal é também muito completa, mostrando ao detalhe todos os resultados que geramos:

Para além disso, periodicamente, os afiliados recebem também alguns “perks” com mais iniciativas, tais como:

  • Licenças gratuitas para oferecerem em passatempos ou sorteios;
  • Descontos que podem oferecer aos seus amigos ou leitores;
  • Acesso antecipado aos planos de desenvolvimento do Boonzi.

Para aderir ao programa de afiliados do Boonzi, basta visitar este link.

eDreams

http://www.edreams.pt/afiliados/

Se as viagens são mais a vossa praia, se adoram viajar ou até têm um blog de viagens, considerem tornarem-se afiliados de uma agência de viagens como a eDreams.

Para se tornarem afiliados da eDreams, terão que se registar a partir do site Tradedoubler (em Publishers > Register), uma plataforma que permite escolher e gerir vários programas de afiliados. Falaremos mais sobre este tipo de sites mais abaixo, mas para já convém apenas referir que para trabalharem com a eDreams enquanto afiliados, terão que aderir ao Tradedoubler.

Skin.pt

http://skin.pt/affiliates/

skin.pt

O skin.pt é um site de compras online de produtos de beleza muito conhecido entre as bloggers portuguesas, não só como consumidores, mas como “skin opinion makers”, como o Skin chama aos seus afiliados. Se és blogger de beleza e mencionas frequentemente produtos cosméticos no teu blog, porque não aproveitar para fazer dinheiro com isso?

Eduke

http://eduke.me

O Eduke.me é um site de formação online em diversas áreas, entre elas o Social Media, Marketing e Empreendedorismo. Possui conteúdo valioso dentro destas áreas no seu blog e nos vídeos das formações, alguns pagos, outros disponibilizado gratuitamente.
Apesar de não estar visível no site, a Eduke possui efectivamente (confirmámos por email) um programa de afiliados. Se acham que tenham facilidade e interesse em comunicar cursos online, não deixem de contactar a Eduke para se informarem sobre o que precisam de fazer para se tornarem afiliados.

MyProtein

http://pt.myprotein.com/about-us/partners.list

myprotein

Amantes do desporto e da vida saudável terão provavelmente mais facilidade em comunicar os produtos e suplementos desportivos e alimentares da MyProtein. Falamos de batidos de proteína, whey, BCAAs, aminoácidos, etc. Se isto não te soa a chinês, talvez sejas o perfeito candidato a afiliado do MyProtein!
Um afiliado MyProtein ganha 8% Comissão em todas as vendas. Sabe mais sobre o programa de afiliados MyProtein aqui.

Outras empresas com programas de afiliados

Este post seria interminável se continuássemos a descrever cada programa de afiliado, afinal não são assim tão poucos! Mas para compensar, vamos continuar a lista de empresas neste tópico e actualizá-lo se vocês quiserem contribuir com mais nomes. 🙂

Bol – bilheteira online
Fnac
Iberweb
Webtuga
Zona Óptica
Beauty4All
Wine Club Portugal
Prozis
Book Depository (não é portuguesa, mas faz sentido estar na lista, visto vários de vocês falarem em livros e reviews literárias)
Google Apps

Redes de afiliados

tradedoubler

As redes de afiliados também têm lugar neste artigo, uma vez que consistem em sites nos quais, com apenas um registo (no próprio site) conseguem fazer parte de vários programas de afiliados de diferentes empresas. Ou seja, funcionam como plataformas através das quais podem gerir os vossos ganhos com vários programas de afiliados que usam.

Por exemplo, no site Tradedoubler podem procurar por campanhas dentro de uma categoria específica (neste caso, ‘Travel’) e ver que programas de afiliados estão disponíveis. Vejam a imagem abaixo para verem as empresas portuguesas ou com programas de afiliados para Portugal que apareceram na pesquisa.

Deixamos aqui também uma pequena lista de redes de afiliados para a qual também aceitamos as vossas sugestões:

tradedoubler
beRuby
NetAffiliation
NetLucro
Zanox

O “caso” Primetag

nerrn_zpsbef3esxk

Muitos bloggers já devem ter ouvido falar da Primetag como uma forma de fazerem dinheiro online e nós as três já conhecemos e experimentamos e usamos esta plataforma diversas vezes, no entanto não achamos que se insere no tópico das redes de afiliados.
Basicamente, a Primetag permite criar listas de produtos para os vossos posts, nas quais escolhem marcas e produtos e ganham dinheiro por click ou por venda (depende dos produtos que escolhem).

Contribuam para as listas!

Estes são os programas de afiliados de que temos conhecimentos. Em termos de experiência pessoal já testámos, por exemplo, a Primetag, o Boonzi, a Eduke e a Wook, pelo que podemos recomendá-los! 🙂

Quanto aos restantes, se tiverem alguma experiência a partilhar, não deixem de o fazer nos comentários abaixo. Se tiverem também mais algumas sugestões de outros programas de afiliados, fiquem à vontade de partilhar!


Bloggers Camp

O Bloggers Camp é uma plataforma com dicas de e para bloggers criada por Ana Garcês (Infinito mais um), Catarina Costa (Daydreams) e Catarina Alves de Sousa (Joan of July).

16 comentários

Joana Sousa · 11/05/2016 às 09:32

Excelente post, vai para os favoritos! Esta é uma questão que gostava de explorar, portanto isto é um ponto de partida espectacular. Thank you, girls! 🙂

Jiji

    Bloggers Camp · 11/05/2016 às 11:36

    Obrigada nós, Joana! 😀
    Ficamos muito contentes se te tivermos podido ajudar de alguma forma na exploração dos programas de afiliados. :)**

Ana Moço · 11/05/2016 às 09:50

Espetacular! Obrigada 😀
Tenho uma dúvida sobre estas questões…que é a nível de declaração de impostos :p sabem como é que funciona?
Obrigada ^^

    Bloggers Camp · 11/05/2016 às 11:35

    Olá Ana,

    Ainda bem que gostaste! 🙂

    É uma excelente questão.
    A nível de declaração de impostos, isso varia consoante as empresas. Aqui em Portugal, é normal pedirem que passes factura ou recibo verde. Mas cada caso é um caso, nada como perguntares antes ao suporte da empresa ou então leres as FAQ do site em questão.

    Beijinhos*

Nuno · 11/05/2016 às 10:09

Olá,
Só queria deixar uma recomendação relativamente aos produtos de afiliados. Por vezes é bastante tentador (e fácil) colocarmos no nosso blog links de afiliados para tentar fazer algum dinheiro extra.

Temos no entanto que ter sempre em conta os interesses do nosso leitor e não estar sempre a impingir produtos ou serviços que não têm a mínima relevância no contexto do blog.

Algumas redes de afiliados começam a estar associadas a spam (falo por exemplo da netlucro), cujo a maioria das suas ofertas são baseadas em recolha de leads, ou seja recebemos comissão se o leitor deixar o Mail ou contacto… Acontece, que o leitor ao deixar o Mail é depois bombardeado com aqueles mails irritantes de “ganhe um iPhone ” que os deixa bastante irritados e em último caso nos vai culpar por isso.

Em termos de ganhar dinheiro com afiliados, temos que ter em conta o contexto. O contexto é o mais importante

    Bloggers Camp · 11/05/2016 às 11:40

    Olá Nuno,

    Obrigada pelo teu comentário.
    Sim, o contexto é muito importante, aliás, vital, e é algo que pedimos sempre que tenham em conta precisamente tendo em conta os leitores. A nossa regra #1 neste caso é sempre: NUNCA sacrificar a qualidade no nosso blog e conteúdo, daí incentivarmos as pessoas a enveredar por programas de afiliados de empresas cujos produtos e/ou serviços gostem e nos quais acreditem. Só assim se podem fazer boas recomendações que também serão úteis aos leitores, não concordas? 🙂

    Quanto ao modo de funcionamento do Netlucro, não podemos comentar, pois não conhecemos, por isso obrigada pela partilha da tua experiência com esta rede. 🙂

      Nuno · 11/05/2016 às 11:47

      Concordo sim senhora! Aliás, eu tenho uma regra muito simples… Só recomendo produtos que uso ou usei e cuja a minha experiência tenha sido boa!

      A confiança da minha audiência está acima de tudo

Catarina · 11/05/2016 às 20:16

Não gosto nada de ver anúncios nos blogs e penso que nunca comprei nada através deles, tal como imagino que a maioria das pessoas faça o mesmo, já o Primetag utilizo imenso. Como o meu blog é pequeno comecei por utilizar como uma extensão do conteúdo onde as pessoas podiam aceder a mais informações do produto que pretendiam. Só mais tarde acabei por perceber que estava a ter um retorno considerável e que as pessoas de facto clicam quando querem saber mais informação e não porque lhes estamos a “impingir” um produto.

RJ · 12/05/2016 às 09:11

Mais um para a pasta de recursos dos Favoritos do blog. Obrigado!
Quanto à experiência pessoal, estou inscrito na Primetag, mas só este ano começaram a ter campanhas com produtos (leia-se comida) que se enquadrem no meu blog. Vamos ver…
Cumprimentos,
RJ

    Nuno Cabral · 12/05/2016 às 10:10

    Olá Rj,
    vou abusar aqui um pouco da confiança da Ana e das Catarinas e deixar aqui 2 sugestões para ti:

    Dá uma vista de olhos no programa de afiliados do Celeiro:

    http://celeirointegral.pt/login/affiliate/login

    ou no Dietética (pois reparei que tens uma categotia sem gluten):

    http://dietica.pt/index.php?route=affiliate/login

    Espero que tenha ajudado

    Nuno

      RJ · 26/05/2016 às 06:19

      Olá, Nuno.
      Muito obrigado pelas sugestões, pois não sabia que essas marcas (que até uso) tinham programas de afiliados.
      Peço desculpa pela demora nas resposta, mas (acho que) o site não permite a ativação de notificações para novos comentários, o que é pena. Meninas, esta seria uma funcionalidade interessante e que aumentaria a interação nos artigos.
      Cumprimentos,
      RJ

Catarina · 04/07/2016 às 11:26

Olá! Conheço esta loja online que também tem um excelente programa de afiliados: http://www.shytobuy.pt/afiliados.html
Pagam bem! e como existem produtos de elevado custo, a % que se ganha pode ir até 30 % 🙂

    Catarina · 04/07/2016 às 11:27

    Li mais alguns comentários, e aproveito para indicar que esta loja tem imensos produtos naturais!! Para quem gosta desta área, tem imensos produtos que vai adorar 😀

Patrick · 26/07/2017 às 12:50

Olá!
Gostava de saber o que tenho de fazer em relação a declarações dos ganhos online e se é seguro entrar nestes programas de afiliados.

danilo · 29/12/2017 às 18:14

Também tem a Hotmart.com
é sem dúvidas uma ótima opção para o mercado de afiliados

Katiussia Luís · 08/07/2018 às 10:25

Olá meninas, adorei o post. Estou iniciando as pesquisas sobre esse tema e me sinto bombardeada de informações. Já criei o meu blog no wordpress mas em formato gratuito. Será se posso me afiliar a alguma plataforma com um blog gratuito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *