#BCREADS NO. 2

#BCREADS NO. 2

#BCREADS NO. 2

Oh, olá! Parece que já chegou aquele dia da semana! Sim, o dia do #BCReads! Sim, ele é muito recente, mas tal como revelámos aqui ele virá semanalmente ao domingo para vos mostrar o melhor da blogosfera nessa semana, pelo menos para nós.

Sem mais demoras, eis os nossos posts favoritos desta semana!

1. “Já não nos apaixonamos como nos anos 90. Porquê?” – The Styland

Naquela altura não havia chats, nem likes, nem fotografias, nem Facebook, nem email, nem skype e a única forma que tínhamos de mostrar que gostávamos de alguém era através daquele gesto velhinho e estranho, sabem? Chamado: demonstrar. Tínhamos que demonstrar. E tínhamos que ter cojones. Romântico não é? Então porque é que não continuamos a amar como nos anos 90? Porque é que continuamos a gostar de homens que estão três dias para nos responder a um Whatsapp quando, nos anos 90, trocávamos números de telefone de casa em papéis e, ainda assim, conseguíamos ter a habilidade de conversar todas as noites?

Confessamos: este post da Helena deixou-nos no mínimo nostálgicas, não só pelas referências às diferenças relacionais e culturais entre a década de 90 e os tempos correntes, como pela música. Neste post, a Helena Magalhães faz uma verdadeira visita ao passado bem ao estilo dela, ou seja, com partilha de histórias pessoais e muito honestas. Recomendamos vivamente a leitura, bem como uma ida ao Spotify recordar os hits musicais que ela enumera no final!

 

2. “Books Wishlist #1 // 10 books I want to read this Fall” – By the Library

Este livro, que se encontra dentro da categoria de não-ficção, parece ser uma forma bastante divertida de descrever o que é para nós, jovens adultos (em inglês coloquei yikes, mas acho que um bonito ew descreve muito melhor o que estou a sentir de momento) , e como lidar com os muitos problemas que a vida de adulto nos oferece sem qualquer aviso (quero dizer, o que raio não é, um postal ou um livro de auto-ajuda quando estávamos na nossa adolescência teriam ajudado bastante, certo?). 

Normalmente não escolheríamos uma wishlist para um #BCReads, mas esta da Sónia não só fez as nossas respectivas book nerds interiores salivar, como não pudemos deixar de admirar a forma apaixonada – e apaixonante – como a Sonia fala de livros. 
Além disso, se não repararam ainda, o By the Library é o nome do seu novo blog, que anteriormente se chamava She Writes. A Sonia esta claramente numa missão de encontrar a sua própria voz na blogosfera e nós achamos que ela está no bom caminho! O novo design do blog e, em especial, desta wishlist literária, está um mimo e apetece-nos ficar a olhar durante mais tempo, mesmo já tendo terminado de ler o post em questão.

3. “4 PODCASTS QUE ANDO A OUVIR” – Fedra Online

Passo muito tempo sozinha, o meu trabalho e a minha vida pessoal assim o implicam e os podcasts não podiam ter aparecido na minha vida na melhor altura. Às vezes não há paciência para tanta coisa visual. Quero fazer o que tenho a fazer, manter-me activa e variar um bocado do “sentada do todo o dia a olhar para o ecrã”. Adoro ouvir música e isso está no topo de minha lista de preferências, mas às vezes apetece só ouvir pessoas falar, de preferência sobre coisas que também me interessem.
Concordamos tanto, Fedra! Por aqui estamos sempre à procura de fontes de inspiração e recentemente descobrimos também uma série de podcasts para gente criativa. Claro que, podendo, queremos é aumentar a nossa lista, por isso gostámos tanto desta partilha da Fedra.
Se são também fãs de podcasts, não deixem de ver a lista de podcasts recomendados pela Fedra!
 

4. “SOCIEDADE | Falamos de Feminismo?” – Thirteen

Enquanto sociedade, não estaremos a exagerar nesta história do feminismo e da igualdade de género?Vamos obrigar os rapazes a brincar com bonecas mesmo quando detestam bonecas? Vamos inscrever as nossas filhas nas escolinhas de futebol quando o que elas querem mesmo é ir para as aulas de ballet? […] Comprar uma mochila do Homem Aranha para a menina que quer a mochila da Doutora Brinquedos não vai tornar ninguém mais feminista ou defensora dos direitos das mulheres […]
 
You go, Carolina!
 
Achamos este post tão poderoso, tão bem escrito, forte, bem fundamentado e necessário, que não podemos deixar de o partilhar aqui. Podia bem ter ido escrito por uma de nós ou pelas três (de formas diferentes, claro), mas o essencial é isto: sim, há coisas que estão a ser completamente tiradas de contexto daquilo que deveria ser o feminismo e igualdade de direitos. 
Além do facto de concordarmos com as palavras tão honestas da Carolina, escolhemos este texto para integrar o #BCReads no.2 porque achamos sinceramente que faltam textos assim na blogosfera. Nem todos têm que abordar ou tema polémico nem tabu, mas deviam todos ter tanto sumo como este!
 

5. “Millennials: Crescidos e Perdidos” – Erre Grande

Fartos de uma vida nos foi imposta por uma crise que não pedimos. Sofremos uma mudança tecnológica que os nossos pais infelizmente não conseguiram prever. Eles fizeram o melhor que puderam, achando que o que funcionou com eles ia funcionar ainda melhor connosco. Até que o mundo trocou-nos as voltas e a eles também, porque não sabem como lidar com filhos dependentes aos 30 anos, quando eles tiveram filhos aos 25.

Há muito que a Rita Amaral já nos habituou a textos e temas que nos deixam a pensar nas nossas próprias vidas e carreiras. No seu blog, o Erre Grande, Rita fala maioritariamente de carreira, vida profissional, motivação e até desenvolvimento pessoal, pelo que este tema encaixa que nem uma luva neste seu cantinho.

O post em si foi escrito do ponto de vista de uma Millennial (como nós) que sofre na pele as dificuldades típicas dos tempos que correm. E porque nem todos os posts da blogosfera são sobre unicórnios e arco-íris, por vezes também é preciso abordar questões mais desconfortáveis e até menos positivas. É o caso deste post.

Porém, o objectivo (parece-nos) é mesmo pôr-nos a pensar; a Rita não nos dá respostas, antes questões para que pensemos e avaliemos a nossa situação e o mundo à nossa volta, porque ela (como nós, aliás) está também no mesmo barco a tentar mudar de rumo quando as “marés” assim o exigem (se é que nos entendem).

 

Esperamos que tenham gostado desta nossa selecção da semana! Nós adorámos ler estes e outros posts que ficaram de fora (afinal, comprometemo-nos a publicar apenas cinco). Sintam-se à vontade de nos sugerirem bons posts que poderemos gostar de ler para a semana!

Vale? 😀

About the Author

Leave a Reply